RSS

O PAPEL DE CADA CÔNJUGE

26 ago

 

OI Amados,

Estou compartilhando esse texto que contem os maiores desafios para sua vida, nao se trata de desafios profissionais ou ministeriais, acredito que o maior desafio é gerarmos uma familia  disponiveis ao comando do nosso Senhor Jesus, vivendo e compreendendo a vida como uma grande oportunidade de exercemos a nossa cidadania celestial.

Com todo amor,

Marcio & Marcelle

                  Muitos problemas no casamento, são causados pela falta de co-nhecimento do papel de cada cônjuge. Deus deu uma função a cada um. Para que haja harmonia na vida familiar, é necessário que marido e mulher conheçam e aceitem seu próprio papel e o de seu cônjuge.

                “Quero, entretanto, que saibais ser Cristo o CABEÇA de todo homem, e o homem o CABEÇA da mulher, e Deus o cabeça de Cristo” 1Co 11.3. “Porque o marido é o CABEÇA da mulher, como também Cristo é o CABEÇA da igreja”. Ef 5.23 “Disse mais o Senhor Deus: não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma AJUDADORA que lhe seja IDÔNEA” Gn 2.18. Homem e mulher são diferentes em muitas coisas, e por isso se complementam.

                  Não devemos ignorar as diferenças, nem competir, mas admirar a graça, o encanto e a capacidade que Deus deu à mulher, e a visão, fortaleza e atitudes que deu ao homem. CADA CÔNJUGE DEVE CONHECER, ASSUMIR E DESEMPENHAR O SEU PAPEL. TAMBÉM DEVE CONHECER E ACEITAR O PAPEL DO OUTRO, DANDO LUGAR PARA QUE O EXERÇA. I. O PAPEL DOS CÔNJUGES E O PROPÓSITO DE DEUS Já vimos que o propósito da família é o de cooperar com o propósito de Deus: o de ter uma família de muitos filhos semelhantes a Jesus.

                    O papel que Deus deu ao homem e a mulher, aponta para este objetivo. Foi por este motivo que Deus deu ao homem uma ajudadora idônea com capacidades distintas para auxiliá-lo. Não é uma “companheira” apenas. Muito menos uma “servente”. É uma AJUDADORA IDÔNEA, para que juntos cooperem para com o propósito de Deus, cada um no seu papel. II. SIGNIFICADO E RESPONSABILIDADE DO CABEÇA Ser cabeça significa assumir a responsabilidade geral da família. Ele deve buscar, com a ajuda de sua esposa, que a família se encami-nhe para o propósito de Deus.

                     O homem é responsável por:

                   a) GOVERNAR O LAR (1Tm 3.4,12).Governar com graça e amor. Ser o representante de Jesus para a família. Expressar o caráter de Cristo com a sua conduta. Não usar de sua autoridade para impor sobre a família os seus próprios caprichos (Mc 10.43).

                   b) TRABALHAR PARA PROVER O SUSTENTO FAMILIAR (Gn 3.19; 1Ts 4.11,12; 1Tm 5.8).

                   c) AMPARAR, CUIDAR E PROTEGER A FAMÍLIA (Ef 5.29). Solucionar todas as dificuldades que surjam, com a ajuda do Senhor. Guiar a família a uma convivência amorosa e feliz, onde todos possam se desenvolver física, mental e espiritualmente

                   d) SER SACERDOTE PARA A FAMÍLIA (Gn 18.19).Ensinar a palavra de Deus, instruir, animar, edificar, repreender e corrigir. Ensi-nar principalmente com o exemplo.

                   e) ASSUMIR A RESPONSABILIDADE PRINCIPAL NA DISCIPLINA DOS FI-LHOS (1 Sm 3.12-13; Hb 12.7-9).

                    f) TER O PAPEL PRINCIPAL NA FORMAÇÃO DOS FILHOS HOMENS. Especialmente depois dos 8 ou 10 anos. Afirmar os valores de sua masculinidade. Ensinar-lhes habilidades e trabalhos manuais. Iniciá-los nos negócios. Praticar esportes. Dar educação sexual, etc.

                    g) OCUPAR FUNÇÕES DE LIDERANÇA NA IGREJA (1Tm 2.11-14).

III. SIGNIFICADO E RESPONSABILIDADE DA AJUDADORA IDÔNEA

                 Deus concedeu ao homem um complemento inteligente e eficaz. Sozinho o homem é incompleto para cumprir o propósito de Deus. Homem e mulher, formam juntos uma unidade completa para multiplicar-se e encher a terra. A mulher deve usar sua inteligência, capacidade e experiência buscando um objetivo comum com o marido. Ser unida e solidária a ele, sem atitudes independentes.

                   Ela deve reconhecer que o marido tem a autoridade principal. Não competir com ele, mas sim complementar-lhe. Precisa entender que o marido necessita ser ajudado em sua sensibilidade. Precisa de ânimo, compreensão, sorriso, aprovação e cooperação em tudo quanto faz.

                        A mulher é responsável por:

                     a) SE OCUPAR MAIS NA CRIAÇÃO DOS FILHOS (1Tm 2.15; 5.14).Ser mãe é a sua maior missão

                     b) ATENDER A FAMÍLIA E CUIDAR DA ALIMENTAÇÃO (Pv 31.21-22).

                      c) CUIDAR DO VESTUÁRIO (Pv 31.21-22).

                      d) CUIDAR DA CASA (Tt 2.5).

                      e) AJUDAR COM A CARGA FINANCEIRA (Pv 31.16-18,24).Isto, na medida que seja necessário e possível, evitando ao máximo sair do lar.

                      f) CUIDAR DA FORMAÇÃO INTEGRAL DAS FILHAS. Ensinar-lhes sobre: educação sexual, modos, comportamento social, tarefas domésticas, habilidades manuais, conduta frente ao sexo oposto e, principalmente, a serem femininas.

                      g) ENSINAR AS SAGRADAS ESCRITURAS AOS FILHOS (2Tm 1.5; 3.14-15).

                    h) INSTRUIR AS MULHERES JOVENS COMO DESEMPENHAREM SEU PA-PEL DE ESPOSA E MÃE (Tt 2.3-5).

IV. ATITUDES ERRADAS DO HOMEM

a) NÃO ASSUMIR SEU PAPEL COMO CABEÇA.

                 Quando é assim, a esposa fica sobrecarregada pelo peso de tantas obrigações familiares. Há homens que pensam que sua função se limita a trabalhar fora de casa e trazer o salário no final do mês. A sua esposa deve cuidar do resto (concertos, finanças, saúde, dis-ciplina dos filhos, vida espiritual, etc.). Isto traz um grande de-sajuste na família e deve ser corrigido.

b) ANULAR A MULHER.

 Alguns querem fazer tudo sozinhos. Não conversam com suas esposas nem buscam a opinião delas. Não delegam responsabilidade, absorvem tudo. Pensam que são completos. A mulher fica frustrada e amargurada. O homem deve dar lugar para que a mulher desempenhe sua função com critério próprio, criatividade, gosto e o “quase mágico” toque feminino. V. ATITUDES ERRADAS DA MULHER a) TOMAR O LUGAR DO MARIDO. Algumas mulheres querem assumir a liderança da família e anulam o marido. Querem dirigir tudo, ter sempre a última palavra. Não dão valor à opinião do marido. A mulher não foi feita por Deus para levar esta carga. Assim ela arruina o marido e quebra a ordem de Deus. Também so-brecarrega a si mesma. Fica alterada, nervosa e não conhece o descanso da sujeição. Tudo isto produz uma família infeliz e filhos criados com mal exemplo, que vão repetir os mesmos erros quando tiverem seus próprios lares.

 b) SER INDEPENDENTE DO MARIDO.

Algumas buscam independên-cia pessoal. Tem seus próprios objetivos, suas próprias ami-zades, seu próprio dinheiro. Buscam sua própria realização e dão prioridade a sua profissão. Não compartilham certas á-reas de sua vida fazendo seus próprios programas. Não se in-teressam muito pelos projetos, atividades e amizades do ma-rido. Quando isto acontece, é óbvio que o casamento está no caminho errado. PERIGO! É necessário revisar a fundo, procu-rar as causas, corrigi-las com a ajuda de Deus.

                     O casamento é uma unidade total. Os dois são “uma só carne”.

VI. RESPONSABILIDADE CONJUNTAS

                         Muitas das responsabilidade devem ser compartilhadas pelos dois, tais como: planejamento, administração das finanças, compra de novos bens, educação espiritual e de caráter dos filhos, apoio e controle dos estudos, cuidado com a saúde, lazer, realização da obra do Senhor, etc.

 VII. OCUPAÇÕES

Geralmente o homem ocupa a maior parte do tempo no trabalho e a mulher com a casa e os filhos. Se não tiverem filhos, a mulher terá mais liberdade para sair, trabalhar e ajudar economicamente. Mas quando ela for mãe, seu lugar é no lar.

 A maternidade é a grande mis-são que Deus lhe deu, e ela deve consagrar-se à tarefa de criar filhos. Há situações extremas. Caso a mulher precise sair para trabalhar, ISTO DEVE SER VISTO COMO UM MAL NECESSÁRIO, e nunca como um ideal. A ausência da mãe é muito prejudicial para o desenvolvimento dos filhos e do bem estar da família. QUALQUER PROFISSÃO QUE A MULHER TENHA, DEVE ESTAR SUBORDINADA AO SEU PAPEL DE MÃE. MEDITAÇÃO E ESTUDO

 1ª Por que o cristão deve rejeitar as idéias que confundem a diferença entre os sexos e o papel particular do marido e da esposa dentro do casamento?

 2ª Resuma com as suas próprias palavras a responsabilidade particu-lar do marido no casamento.

3ª Resuma com as suas próprias palavras a responsabilidade particu-lar da esposa no casamento.

 4ª Por que a família é prejudicada quando o homem não assume o seu papel de cabeça?

5ª Que acontece quando a mulher não assume o seu papel de auxiliadora?

Fonte: www.odiscipulo.com

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em 26/08/2010 em Estudos

 

Tags:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: